.
.
.
.
.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

das sacadas geniais que ela tem


ainda da série minhas primas.

era um domingo quente, seco, tostante.
almocei em casa de vovô e na hora de voltar, pedi aos meus tios que deixassem as meninas (anna júlia, de 4 anos, e luísa, de 2, virem comigo, pra tomarmos banho de mangueira. eles deixaram. (que pais não se permitiriam uma tarde de folga, sabendo que suas preciosas menininhas estão em mãos seguras, com a prima mais velha?)
a anna júlia, mais experiente e corajosa, entrou "debaixo" d'água com toda a vontade do planeta. a lu ficou com um pouco de medo, então ficava mais afastada. a despeito disso, brincou um tanto muito.
depois do banho de mangueira, ganharam camisolas e calcinhas novas, houve lanche e desenho animado.
tomei meu banho (não ganhei nem camisola, nem calcinha), ajeitei minhas coisas e parti para brasília. depois ouvi a história...
a lu chegou em casa toda feliz, contando:
_mamãe, a mayra choveu na luísa!!!!



eu só posso dizer que certas coisas ela herdou da madrinha.

4 comentários:

carmim disse...

a mayra sempre chove.

Emiliano Abreu disse...

Tô dizendo...tem gente que morre sem nunca ter tido uma sacada dessas!

mayra. disse...

é verdade.
a lu vai poder morrer (daqui a muuuito tempo) em paz.

Brenda de Oliveira disse...

estava lendo um livro ontem e exclamei "puuuut's, que frase!!"
meu priminho ao lado de penetra:

"A frase matou a vida."



aff...