.
.
.
.
.

quarta-feira, 7 de maio de 2008

da maturidade

seria a palavra maduro
uma corruptela de mais duro?


Pensamento que me ocorreu hoje enquanto cortava um tomate.
Ele era daquela espécie rara, mas muito citada nos livors de receita : maduro, porém firme.
Esse porém foi que me colocou a pensar...

4 comentários:

carmim disse...

a vida acaba por endurecer a gente mesmo.

não quero ser uma velha dura e chata não. ainda bem que até me acho muito maleável, não é mesmo?

quero ser doce, sempre.

vamos ser tomates maduros e firmes?

Luiz Felipe Leal disse...

penso isso com viver, algo tão completamente fora do comum que mescla o passado e o presente-futuro do que vejo: VI e VER.

p.s.: mas assim como o seu, seria exclusivo dos portugueses e dos filhos deles depois das caravelas.

Emiliano Abreu disse...

Melhor então é ser moleque!

Brenda de Oliveira disse...

Atualiza, Mayrinha...