.
.
.
.
.

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

das redescobertas-paixões

Voltando ao assunto redescobertas (acho que vou fazer uma tag só pra elas...), me ocorre que eu redescobri - e me apaixonei - por uma música que conheço há anos e anos.
O nome dela é Crush e é da Dave Matthews Band.
Uma das coisas interessantes sobre essa redescoberta é que num aniversário meu, o de 2003, se não me engano, a minha mãe me deu de presente o DVD The central park concert. Ela escolheu esse e não o Listener Superted (que foi meu primeiro contato com a banda) por ser um DVD duplo e ter a música de que eu gostava. ela confundiu Crash (into me) com Crush. mas mães são altamente perdoáveis (especialmente a minha, que é foda!) e eu não falei pra ela que a música de que eu gostava tinha um A e não um U no meio.
Outra coisa interessante é que eu e um amigo (oi, Mimi!) já discutimos - entenda-se discutir como participar de uma argumentação gentil, educada e de classe, minha gente!- sobre as nossas preferências. Ele dizia que Crush é muito mais bonita, mais tocante, mais elaborada e eu fiquei no "Crash into me me toca mais".
Continuo achando Crash into me uma música fodérrima, mas caí de amores por Crush em todas as suas versões.
E outro dia, no carro com outra amiga (já observaram o bom gosto musical dos meus amigos? - o que é meio que um eolgio a vocês, né? creio que só meus amigos lêem o blog.), a referida canção começou a tocar e eu me lembrei que em algumas versões ela chega a durar mais de dez minutos. Percebi que a música não tem o defeito de algumas das minhas preferidas: ela não é curtinha. Dá pra aproveitar a música meeeesmo. E sem ter que apertar "repeat".
Como eu acordei bondosa e com Crush na cabeça - de novo -, links pra quem quiser conhecer. ou só ouvir, se já conhece.
Crush: o clip, ao vivo e a do Central Park, que tá dividida em duas partes: primeira, segunda
E crash into me: o clip, a vivo, no Listener Suported.

Procurando os vídeos no youtube, me lembrei de uma coisa legal sobre Crash into me: no primeiro show do Teatro Mágico a que eu assisti, começaram uns acordes e eu pensei: nossa! parece Dave Matthews! E era. No segundo show eu já tava avisada e não-quase-infartei.
AAAh... era uma informação adicional, uai.

Segunda feira eu estava ouvindo o DVD que momõe me deu, quando um querido chegou aqui em casa. o dvd acabou e eu coloquei a Lastfm (nota mental: falar dessa descoberta "nova") pra tocar minha biblioteca enquanto a gente conversava e comia. Ela tocou uma música do Dave Matthews a cada 5 músicas de outros 109 artistas que eu tenho adicionados lá. Como ele não sabia que eu tinha posto a rádio pra tocar, veio a pergunta: por que você tá tão Dave Matthews hoje? Falei que era a rádio, que a culpa não era minha e depois me toquei de que eu escuto a banda quando estou bem. É um som pra cima, sei lá.
Tá, vou parar de escrever antes que fique sem sentido, infinitamente longo e sem graça.

Bom dia, gente!
(é. acabei de acordar.)




Só mais uma coisinha!
É pro bem de vocês!!
Acabei de achar a melhor de todas as versões de everyday! com as Lovely Ladies e tudo mais!
aqui, ó!

4 comentários:

Emiliano Abreu disse...

Crush 1 x 0 Crash
Mas não é bem uma competição, claro...

O caso é que, enquanto Crash tem aquela coisa mais platônica (que eu já experimentei na pele durante um tempão), Crush já tem um clima de realização. Milhões de músicas usam a fórmula "eu + você + vinho = nem te conto", mas essa foi a primeira que eu ouvi que consegue construir o clima...quase dá pra ver a cena, e querer fazer parte, claro...

Enfim, justifiquei meu voto sem ataques à oposição, afinal é tudo bom demais, mesmo =P

Beijo!

quase disse...

Bendito aquele que me apresentou DMB.. impressionante como nenhuma outra banda (nem o ASA =S) me faz tao bem quanto essa.. =D

beeeijo, quase!

;*

Bowler Hat Strange Guy disse...

Puxa, quanta dica de música!
Não posso comentar até ouví-las, então tenha fé e paciência que eu volto!
Hahahahaha

Beijoca, Mayroca!
;*****

p.s.: Emiliano Abreu, posso plagiar essa operação matemática genial que você criou? Por favor??? Por favoooooooor?????

:)

carmim disse...

mayra, eu te amo!