.
.
.
.
.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

dos ataques


Tenho sofrido ataques constantes de formigas mutantes blaster galopantes do cerrado.


Se eu não der as caras em 2 dias, por favor, mandem... mandem... qualquer pessoa que entenda de salvar pobres mocinhas indefesas de ataques de formigas mutantes blaster galopantes do cerrado.

Obrigadinha.






(Alguém pode me dizer por que raios foi só eu ficar uns tempos sem aparecer pra minha mãe começar a criar formiga e pernilongo em casa?? E alguém pode por favor não deixá-la saber que eu disse isso?)

6 comentários:

carmim disse...

minha filha, liga pra uma dedetizadora!

Cachorro de 3 pernas disse...

O nome disso é verão, criatura :P

Cachorro de 3 pernas disse...

E existe uma coisa chamada REPELENTE! Ajuda muito, tem o repelex, offkids, autan.. :P

Joyce Pfrimer disse...

gente a paola é especialista em repelente! haha!

aqui tb ta cheio de formiga, eu até acho q um dia elas vão me carregar!

Bowler Hat Strange Guy disse...

Comigo foi o contrário: passaram-se três anos sem que uma formiga aparecesse aqui em casa, até que minha mãe veio passar duas semanas de dezembro em Sampa.

Ainda restam algumas batedoras pelos bunkers das toalhas de mesa...

Terei de usar Napalm.
:|

Bowler Hat Strange Guy disse...

Mentira. Eu espero até que saiam.
Não tenho pressa, nem instinto assassino.
:)