.
.
.
.
.

quarta-feira, 11 de março de 2009

dos dias em que a sensibilidade não te larga


Em dias de sensibilidade aflorada, me acabo no Frusciante.


Faz até mal, credo!



For Emily, wherever I may find her ("I kiss your honney hair with my greatful tears"? Francamente...);

How deep is your love, cover do Bee Gees - e muito melhor... Adoro quando ele erra!

Maybe, cover de The Chantals, toda bonitinha com ele;

Dark light, do álbum novo, The Empyrean;

Central, também do disco novo;

Song to sing when I'm lonely, me mata assim, acústica.




E chega, né, antes que eu tenha que criar uma tag "frusciantices"!

Ainda bem que não vou assistir nada que sequer lembre Extreme makeover home edition.


Ok, só mais um cover, adicionado, porque eu perdi a vergonha na cara! I feel love, da Donna Summer. Essa é de cantar fazendo dancinha pelas ruas.

7 comentários:

Tati disse...

Ai, que tudo que você colocou os linques!!! Adoro Frusciante, volver esse cover de Bee Gees que eu nem sabia que existia!!! \o/

quase disse...

Adoro Extreme Makeonve =D

quase disse...

makeonve? q p*** eh essa?

vc entendeu =P

Joyce Pfrimer disse...

e la vou eu com meu pendrive, ou cd, ou dvd pra mayrocas gravar pra mim, lalalala!

mas a minha preferida é "song to sing when I'm lonely...não tem jeito! me lembra quando eu conheci o John! huhuhu!

solin disse...

ainda bem que não é *frustrante (trocadilho eca) hehehe

não sei.... eu sensível estou ouvindo Móveis Coloniais de acaju. com certeza me incluiria na tag Esquisitices.

do texto anterior, eu fiquei pensando super. me acabei de imaginar oO.
sei não, sei não.

beijasso!

solin disse...

owww q fofo o cover do Bee Gees *.*

nathie disse...

Bom frusciante! Vou acatar esta lista em qualquer ataque da sensibilidade latente, huhu!


=]

Bom finzinho de semana, Tangerine!