.
.
.
.
.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

das dublagens

Na minha casa a gente tem um jogo: descobrir quem é o dublador de cada personagem dos infinitos desenhos animados que rolam por lá. Não sabemos praticamente nenhum nome, entretanto isso nunca foi empecilho. Na verdade, aumenta o charme da brincadeira.

_Mas como brincar, se você não sabe o nome dos caras?
_Elementar, meu caro Watson querido leitor: Fulaninho tem a voz do Gênio do Aladdin. Esse cara tem a voz do Mike, de Monstros SA; Mãe, o Fil saiu do desenho do Hércules e tá na novela? E por aí vai.

Um belo dia, depois de dizer: "A voz do Kronk é a mesma do Buzz, que é a mesma do Bruce, que é a mes... opa! Tem alguma coisa boa aí!", fui atrás desse cara que dubla um monte de personagens legais e faz ainda mais animados os meus momentos de desenho. [/infâmia]
Foi simples: assisti a uma animação - não me lembro qual foi -, esperei que subissem todos os créditos e chegasse aquela parte em que eles escrevem "Com as talentosas vozes de:" e mandam uma tabelinha com nomes das personagens e dos dubladores. Meu herói agora tinha um nome: Guilherme Briggs. E fui ouvindo mais personagens, gostando mais e procurando mais coisas. Aí a gente vê que o rapaz dubla o Cosmo, dos Padrinhos Mágicos (eu colocaria a foto do meu boneco, se não estivesse na casa #1, mas já achei uma foto da minha Dona Marocas, então tá de bom tamanho. ^^), rei Julien, de Madagascar e, entre muitos outros, o Freakazoid.


Pausa.


Quem aí se lembra do Freakazoid? O herói cujo alter-ego era um nerd... Aaah, vai. Tem que se lembrar. Olha a foto:



Passei algumas horas da minha semana assistindo a uns episódios e reaprendendo a cantar a música da abertura, que tinha escapado do meu cérebro falho. Daí ouvi a original e, gentes, é muito boa!

Mas tô me desviando do assunto.


Um dia, creio que há mais ou menos um ano e meio, achei no Youtúbio uma
entrevista, que essa semana o Briggs twittou. Foi por causa dela, e de todo o tempo disponível que tenho, que procurei uma lista de dubladores brasileiros e abri todos, to-dos os links. Tive ondas de nostalgia e histeria enquanto lia e reconhecia as vozes na minha cabeça. Eventualmente procurava fotos, pra saber a cara dos meus preferidos. Alguns eu já conhecia por nome, como o Orlando Drummond (que além de dublar o Alf, o Popeye e o Scooby-Doo, era o Seu Peru, na falecida Escolinha do Professor Raimundo),
o Alexandre Moreno (atual voz do Krusty, dOs Simpsons; do Pink, o parceiro do Cérebro; do professor Crocker, em Padrinhos Mágicos; do Síndrome, o vilão em Os Incríveis e do Buck, em A Era do Gelo 3 - e a propósito, ele botou pra fuder nesse. Ficou sensacional!) e gente como o Selton Melo, que é mais conhecido pelo trabalho na TV, apesar de ter começado com dublagem e o Nizzo Neto, que fazia a voz do Presto, da Caverna do Dragão.

Daí vieram as descobertas: O dublador do gênio do Alladin se chama Márcio Simões e, não sabe disso, mas fez minha infância muito mais feliz; Um cara de nome Garcia Júnior, filho do fodão Garcia Neto (achei isso bastante interessante) fez a voz do He-Man, do Pica-pau (o de pernas grossas, o maluco, sabe?) e do MacGyver. Há! Do MacGyver, mermão! A Mírian Fisher também é conhecida como Lilica, doTiny Toons; Vicky, de Padrinhos Mágicos; Célia, de Monstros SA; Vaca, a irmã do Frango e Charlene da Silva Sauro e o Élcio Sodré é a voz do Shiryu e... do Pateta! Não consegui não imaginar o Cavaleiro dando aquele gritinho do Pateta enquanto cai de algum penhasco [se eu aparecer linchada, provavelmente foi por esse comentário].

Uma das coisas de que mais gostei foi saber que a atriz Ida Gomes era a voz da Madame Mim e da Medusa, a vilã de Bernardo e Bianca. E era polonesa, olha que legal! (Eu gosto da Polônia!)
O
Silvio Navas
é a voz do John Goodman, do primeiro Willy Wonka, de 3 Smurfs, do Bender (o robô de Futurama) e do Mumm-Rá. E é facilmente encontrável no orkut.
O
Isaac Bardavid que fez o Fil, treinador do Hércules, fez também pai da Fiona, em Shrek e... o Esqueleto, antagonista do He-Man. Agora pense nesse cara te pedindo uma informação na rua. Eu não o deixaria ir embora antes de dar a risada do Esqueleto e conversar comigo usando a voz do Fil - e isso deve ser um dos infernos dessa galera...

Well, well
Tá ficando muita gente de fora, obviamente, mas se eu botar mais link aqui, o texto fica todo cinza e ninguém consegue ler nada.
A entrevista do Briggs que eu mencionei ali em cima vale muito a pena, é bem interessante. São 13 partes de quase 10 minutos cada, mas vale a pena.


É... er... hhmmm.. Só uma mais uma coisa. Prometo.
Sempre miamarrei nas aberturas, acho que sou o alvo ideal dessas musiquinhas. Elas não saem da minha cabeça. Nunca!
Coloquei a do Freakazoid ali e empurro essas agora:
Animaniacs (com aquela musiquinha dos países),
Pink e o Cérebro,
Padrinhos Mágicos e acabou.

Nãa!


Só mais uma, só mais uma!

Observem essa foto, por gentileza:



Algumas pessoas me chamam de Mayroca, Marocas e derivados.
Corta pro desenho:
(agora é a hora em que você clica nesse link com o botão do meio do seu mouse, abre uma aba nova e assiste ao vídeo): numa cena de Toy Story, o Buzz recebe o nome de Dona Marocas.
Corta pra minha casa: a momõe fez um avental e minha tia fez um chapéu especialmente pro boneco do Buzz que minha divertida e criativa progenitora previamente comprara. Com pitacos da minha irmã, acredito. Ganhei minha própria Dona Marocas! E o chapéu tá bonito!
Passei a ser uma pessoa mais feliz. Quantas Marocas têm Donas Marocas em casa? An? An? [/fim do momento egocêntrico bagarái]


Agora chega.
Diga tchau, Lilica.
Tchau, Lilica!


Esse post ficou parecendo meu caderno da terceira série, todo colorido e cheio de figurinhas. :)



10 comentários:

Joyce Pfrimer disse...

Muito bom relembrar essas coisas de infância...Vc me fez mais feliz hj mayrocas! Ando tão cansada, ranzinza e adulta...aiai...

Cachorro de 3 pernas disse...

Ah, eu perdi todo o meu amor pelo Freakazoid qdo vi um episódio que ele disse que quem inventou o avião foram os irmãos Wright...mó merda.

Nathie disse...

adorei esse post cheio de desenhos e respectivos dubladores, apesar de que agora já nem sei mais quem dublou quem, pq sou meio... devagar. =x

=]

Parabéns pelo post, deve ter dado um cadico de trabalho.

Tati disse...

Woooooow, que avalanche de nostalgia!! Post como este esquentam mais o coração da gente do que receber flores!! É sério! Dos dubladores citados, o único que eu *conhecia* [/mas não sabia o nome] é o Guilherme Briggs, por que quando assisti Madagascar pela 1a vez quase dei um pulo da poltrona do cinema ao ouvir o Rei Julien: É O FREAKAZOID!!!!!! *_______*

MUITO BOM!

Ah, cara, como eu gosto desse blog!!!!

Maiara disse...

Que post lindo, Quase! Vc já pode se candidatar a dubladora na empresa de dublagem e legendagem q o Emiliano e eu vamos abrir..

E a gente vai levar o Guilherme Briggs com certeza! O bicho é o melhor!

BTW, eu ACHO que a mulher dele tb é dubladora.. ou mexe com tradução.. ou não, não sei =P

Beeeijo!
;*

Bowler Hat Strange Guy disse...

Mayra, isto não é um post, é um verdadeiro levantamento antropológica do universo da dublagem brasileira nas últimas três décadas!
O_o'
Quando eu precisar de uma pesquisadora ninja pra deslindar algum assunto hermético, já sei a quem recorrer... E imagino que sairá caro, porque olha a trabalheira!!!

Tô impressionado!
BAGARÁIO!

Beijos e WOW!
;***

Ana Cláudia disse...

aaaaaaaaaaahhhhhhh! adorei este post.
Eu era muito mais viciada em desenhos do que sou hj, mesmo pq o Tutu (meu filho) não me permite assistir ao que eu quero, mas ele gosta de alguns que eu tambem gosto.
E gentche não é que a a voz da Lilica é semelhante a da Vicky!
Q doido
Prefiro a Lilica...
Ah eu tinha um Perninha!
Que delicia adorei Dona Marocas, sensacional!

solin disse...

-aleatoriedades II: eu li uma vez que amizade verdadeira é como quando vc passa anos longe de sua amizade e no reencontro nem parece que se passou tanto tempo. [/reflexão]

-aleatoriedades III: dia desses falei sobre a solidão opcional (que esta é confortável) lá no twitter. [/sincronia de pensamentos]

-dos lugares agradáveis: pense como também sinto falta desses que nem mesmo experimntei. não sei se é pior conhecer e sentir saudades, ou desejar sentir sem previsão de concretizar (não tenho como não preferir a versão de meu conterrâneo e compositor de A primeira vista hahaha)

-saudades... falo demais em saudade. acho que vc já sabe bastante do que eu penso sobre saudade.

-das dublagens: aimeldels! Faço essas brincadeiras comigo mesma hahaha
Adoro o dublador do diabinho das PPG que é Cosmo etc. (ele é um dublador sarcástico, rs).
Áhhh Pink... tem como não gostar não né?!

Aí pensei: como fazzzzzzzzzz tempo que eu não falo diretamente com vc [/falta de tempo]
[/imitando Mayyy]

^^

beijOOs

solin disse...

fugindo um tanto das dublagens em desenhos, algumas dublagens em filmes e 9Elas são melhores que o original. claro que não é regra geral.
Os atores (que pra dublar necessita-se ser um), parecem tão preparados quanto às interpretações induviduais, e não o resto da sonoplastia. Mesmo assim, devem ter passado pela coisa trash.

se vc for dubladora (euquerotbm aiii), avisa pra gente prestigiar 4 even

Anônimo disse...

o chapéu tá bonito!!! :D