.
.
.
.
.

domingo, 13 de setembro de 2009

da mais vaga possibilidade


Sempre digo que as pessoas me inspiram sentimentos e eles raramente vêm acompanhados de disfarce. Por mais que eu tente dissimulá-los, não sei se quem está por perto cai na minha. Quando alguém me inspira a ter cuidado, certa preocupação com ela, é assim pra sempre: Cada problema, cada baixo, cada tristeza parece me atingir com a mesma força. E ontem um "Não se preocupa" me fez rir. Como se fosse minimamente possível não me preocupar.



Como se fosse vagamente possível.





I wish I was the verb to trust and never let you down.

9 comentários:

Tati disse...

Também quando dizem: "Não é nada". Nunca é "nada". Nunca.

;o****

tiago araujo disse...

parafraseando a banda do filipe:

a gente sempre se mata um pouco por alguém.

Joyce Pfrimer disse...

A gente sempre, sempre se preocupa...não tem jeito mayrocas!

=*

Cachorro de 3 pernas disse...

é! (só falei pra concordar com todo mundo mesmo... :P)

disse...

wishlist do PJ? O Meu Deus...

foi trilha da minah adolescencia toda essa música... sera que é ela msm? hmm... amei essa pic... roubei e seu texto so pra variar me emocionou..

bjus linda!

=*

Bowler Hat Strange Guy disse...

Espero inspirar boas impressões...
Afinal, agora já é tarde pra dar uma de migué e mudar a canastrice moderada!
Hahahahaha
Beijos, xuxu!
;***

Nathie. disse...

Que post mais doce, Mayra!

Marina disse...

também nao sei disfarçar e é uma merda qdo os outros por ex. sabem que vc ta preocupada com o Nao preocupa.

aaaaaai, como faz? ;/
ou melhor, nem faz né.

um beijo minha congeminadouuura! ;*

Paula disse...

A preocupação me tira duas coisas fundamentais na minha vida: sono e fome. Quando isso acontece, td fica desconexo :/
Mas o bom é q depois, de um jeito ou de outro, td dá certo...pode levar um tempo, mas td dá certo.
Uh-hu alguém viajou na maionese aí? :P