.
.
.
.
.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

das tentativas de melhorar o dia



Naqueles dias em que o seu Joseph Climber interno já acorda sem as córneas, não há música que resolva a vida - até porque as suas músicas tendem à tristeza de uma forma interessante - e a fome bate assim, tipo um vento noroeste te derrubando da cama não há muito o que fazer.
Eu trouxe de Brasília, porque nunca vi aqui, uns pacotes de preparado para pão australiano. Era um bom começo.
Preparei a massa e lembrando que a minha irmã tem me azucrinado por conta da "manteiga do Outback" resolvi que era a hora de tentar fazer essa bagaça.

Uma vez que minha primeira tentativa de Ausie Bread ficou meio ressecada e não cresceu nada, fiz tudo diferente dessa vez e alguma coisa funcionou. Só não sei qual foi.
A embalagem do preparado pede 180mL de água e 1 pacotinho de fermento seco. Usei um pouco mais de água e acrescentei uma colher de sopa de margarina. Uuuuh! And that's a bingo! Os pães cresceram lindamente, bem mais que o esperado, e me mostraram que eu errei mais uma vez, ao deixá-los muito grandes, já que o cozimento do meio dos pães ficou levemente comprometido. Foda-se. Ficaram lindos e saborosos.

O grande lance, no entanto, foi a tal da manteiga do Outback. Vi aqui uma forma bem simples de se fazer a tal da manteiga e que me pareceu mais confiável que adicionar água gelada à manteiga batida, como indicavam algumas receitas.
Daí eu peguei
meio tablete de manteiga com sal;
duas colheres [sopa] de creme de leite;
uma colher [sopa] de maionese de leite;
uma pitada de pimenta calabresa;
uma colher [sopa] de salsinha picada 
e processei tudo, começando pela manteiga e acrescentando um ingrediente por vez. Em algum momento, logo após a maionese, o creme talhou, mas isso não me fez desistir. Mantive a pose, passei no pão e me surpreendi. Eu sei que a do restaurante não tem pimenta nem salsinha, mas a minha tem. Belê? E ficou escandalosamente gostosa.

Pão quente e manteiga-maionese.





Meu problema agora é que comi demais.
[aposto que isso vai ficar ótimo com batatinhas cozidas.]

10 comentários:

Alex disse...

Que vontade de soltar um palavrão. Que delícia, só de olhar (clicando na foto e ela fica gigante ainda) já é prazeroso. valei-me.

Tati disse...

Sem palavras.

Letícia disse...

*baba*

Ainda não pude fazer a bala, o mercado tava um inferno no sábado por conta de uma promoção e eu na pressa acabei esquecendo do coco ralado. Réiva. :~

Débora. disse...

hahah deu água na boca! ^^

Swdezerbelles disse...

OMG! Acho que não foi uma boa idéia ler seu post antes do almoço.. que coisa absurda de gostosa me parece isso. Deu àgua na boca aqui. "/

Vou testar em casa. =D

Luilton disse...

E aqueles homens que veem uma mulher que cozinha coisas gostosas e diz que "essa é pra casar"?

Eu. :)

Abraços, @AnonimoFamoso.

@sourainha disse...

quero aquela vaquinha

Alana Ávila disse...

=O~~

tal_lita disse...

Ôpa! Tô chegando pra tirar o mofo das minhas palavras; da minha presença aqui rs

antes de mais nada, tu é um bom partido visse, como todo respeito (eu não sou gay).
tu leva mto jeito. a gente sente mesmo que tu gsta de cozinhar (pelo menos eu sinto). quero ver seu sucesso, hãm. e se possível, degustá-lo tbm rs.

xero de Tal_lita, o como achar melhor
^^

Livia Holanda disse...

Me parece bueeeeeno!

E cara, que parada CHIQUÉRRIMA esses live traffic feed aí... SU-CE-SSO!
Vc tá sendo lida na Espanha agora! uhuhuh

:*