.
.
.
.
.

sábado, 20 de novembro de 2010

dos infortúnios elétricos



Eu era neném, não tinha talco, mamãe passou ácido cítrico em mim, porque nada mais nessa vida explica pessoa tão azeda.

Minha internet tá de greve desde ontem e sem explicação alguma. Enjoou de mim quando eu nem mesmo estava em casa e me abandonou. A energia caiu ontem de madrugada, lá pela 1 da manhã, eu acho. Tava toda feliz vendo o Bento Ribeiro na TV e pum! Apagou-se tudo. Voltou logo, mas a cerca elétrica também se manifestou, fazendo um barulho de pato fanho assustado e acordando minha pobre progenitora, que dormia o sono dos trabalhadores honestos desse país. Desligamos o alarme, beleza, vou eu praquele momento do dia em que eu sou só minha e do sabonete, aquele cheiroso! Tive uma crise de lembranças de quando eu era criança. Mas, assim, de quando eu era neném, bem neném. 
Desliguei o chuveiro, aquele quente, e percebi que a luz do quintal estava acesa. PQP! A família toda dormindo, isso não tava certo. E eu mesma apaguei essa luz, ai, jisuis, alguém entrou em casa e agora tá rondando, pelo menos dá pra eu ir pro quarto da minha mãe sem passar por nenhuma janela, meuldeulsdocéul a cortina dela tá aberta, será que eu grito? Isso tudo, claro, no intervalo entre esticar o braço pra pegar a toalha e trazê-la para perto do corpo. Vocês sabem como a mente de uma mulher histérica é rápida. 
Ouvi barulho na porta de fora e desejei com muita franqueza que fosse mamãe. Era. A queda de energia provocou algum revertério e agora o chuveiro dava interferência na sirene da cerca elétrica. Quem lembrou daquele texto ["Confuso"] do Verissimo levanta a mão.
De qualquer forma não haveria grandes problemas, porque, pelo menos até que a manhã desse as caras, não seria usado nenhum outro aparelho que necessitasse de tanta energia elétrica. Dormimos (afinal eu não tinha internet e mesmo que tivesse -muitas - outras coisas pra fazer, não estava disposta). Agora vejam o que são sinais do além: um pernilongo me picou durante a noite. No meio da testa, logo abaixo da sobrancelha direita e na bochecha esquerda. O que os sinais significam, eu não sei, mas me lembro de colocar o edredom mais ou menos sobre o rosto (não consigo cobrir a cabeça NEM A PAU) e imediatamente pensar que não deveria fazer isso, porque o gás carbônico atrai os insetos e-- dormi de novo. Acordei novamente pensando que, que coisa!, temos agora patos no quintal.
Desde quando?
Será que eram bonitos?
Por que eles imitam cigarras-robôs? Ser pato fanho não seria suficiente?
E o mais importante: Por que raios eles não fecham esses bicos e me deixam dormir?
Putamerda, era a sirene de novo. Às 9 da manhã o barulho intermitente, insuportável e enlouquecedor tava aí à toda. Galera foi trabalhar, eu peguei meus protetores auriculares (que pra alguma coisa, além de saber o que é bitola e tubo corrugado, trabalhar na construção civil tinha que me servir), meu edredom, computador, travesseiro e garrafa d'água, fiz uma trincheira no quarto da minha mãe. Ah, sim, porque vocês não sabem, mas o caralho da sirene fica virado pra janela do meu quarto. Ainda mato quem teve essa ideia fantástica.
Recebemos aqui na redação a informação de que o bróder da cerca elétrica tá chegando.
Vamos acompanhar.


*Mas não adianta. Não acredite num só sorriso que eu der hoje.

7 comentários:

Luana Lied Zapata disse...

Meu Santo! Boa sorte aí. Mantenha-nos informados.
=***

Tati disse...

Pois é, o que seria da nossa vida sem aventura e complicações? Sorte aew, força na peruca. Tamo junto. :*

Letícia disse...

É sério que gás carbônico atrai insetos? :O

Alana Ávila disse...

gás carbonico? Insetos?
:O

Chegue com noticias quentinhas da cerca eletrica antes que os bandidos leiam o post.

Swdezerbelles disse...

Hahaha Me acabei de rir aqui com seus patos, feios ou bonitos q imitam cigarras-robôs..rs Muito bom. Ficou a pergunta: Gás carbônico atrai mesmo mosquitos? o.O
E a cerca, resolvido o problema?

Livia Holanda disse...

Fazia tempo que não passava por aqui por conta da correria das mudanças e tals... mas ó, que noite louca, meodeos.
Próxima vez, só toma cuidado pra não dar uma de destroyer de cerca e ficar grudada na parada, agora q vc já sabe que essa era uma opção! Imagina churrasco de Mayra que nem no Pica-pau... deve ser si-nixx-tro.

Saudade!

:*

Alana Ávila disse...

Já disseram isso pra mim 'nunca te imaginei correndo'. Só corro de animais e que isso fique claro.

Sobre o sono...
Sabe tarja preta? Pois é.