.
.
.
.
.

domingo, 13 de fevereiro de 2011

dos domingos



_Ai, domingo é o pior dia!
Essa era a frase mais recorrente, depois de "Me dá isso!" de uma prima minha. Eu concordava, mas por uma razão muito simples: eu já era a única dos netos que parava de fazer qualquer coisa para cumprimentar vô, vó, tio que chegasse; na hora de dormir, queria dormir, não queria brincar; não curtia encrencar com a galera. Isso tudo porque minha mãe me ensinou a ser boazinha, ok, mas tinha um motivo menos nobre: não queria levar bronca. Sempre detestei ser corrigida. Eu era, portanto, alvo de bullying familiar - mas quando nêgo queria sorvete, salgadinhos ou qualquer outra besteira do avô, quem pedia era eu...
Mas tô desviando do assunto. Eu não discordava simplesmente pra não ouvir zoação nisso também, porque a verdade é que: eu gosto de domingos. [/sons de vaias abafadas] 
Tédio não é algo que me afete profundamente, o que já explica boa parte do negócio. E eu gosto de ficar quieta.
O que acontece, na verdade, é que eu não entendo as reclamações todas. Por pior que sejam as opções da cidade em que se mora, se você relama muito no Twitter, deve ter internet. Conclui-se daí que já há alguma coisa para se fazer. Pra quem não gosta de ficar em casa, as possibilidades variam de uma caminhada [a cidade tem ruas onde pode-se andar, correto? Se você estiver numa fazenda ou praia, já facilita tudo], sorvete, visita a amigos, cinema, sei lá.

O que realmente me intriga é o porquê de tanta reclamação com o domingo.
Quem me explica?



8 comentários:

Ricardo Chicuta. disse...

Eu adoro domingo,amo de paixão.Pela simples razão de ser o único dia em que não trabalho.
Ô dia Glorioso.

Tati disse...

Concordo. Adoro domingo, só não gosto mais dele do que de 2a-feira, que pra mim é o melhor dia da semana. :)

Sacolé de Limão disse...

Eu sempre amei domingos. Porque no sábado você ainda está muito cansado, a ponto de não conseguir descansaaaar mesmo. Faz sentido? Sim, sou velha :P

Marina Amarela disse...

domingo pra mim tem sabor de tédio. mas é porque eu nao faço nada no domingo. huehuehe.
tipo esse orangotango lindo aí! fico mofando. hauhauahua.
na verdade eu aproveito pra descansar, fazer comidas e sobremesas que dão errado e etc. mas quando nao tem nada disso pra fazer, fico borocochô. heuheue.
;*

Swdezerbelles disse...

Gosto de domingos, mesmo que seja pra ficar em casa.. tedioso ou não, não abro mão de ver uns filminhos ou umas séries esparramada no sofá. Domingo é o meu dia de descanso, depois de uma semana atribulada e um sábado não tão diferente assim, nada melhor que um domingo para colocar as coisas em ordem. E na boa, se vamos reclamar de algum dia, que seja da segunda feira ou da quarta (odeio as quartas).. já viu diazinho mais sem graça?

Livia Holanda disse...

Nossa, quanta gente estranha. hahaha.
Na real, tudo depende do q cada um vive, né? Se eu estivesse entre meus queridos mais íntimos, certeza que ia curtir horrores ficar olhando pro teto, pras estrelas, pro céu, com eles pertinho. Caso contrário, é uma deprê de dia solitário em internet e skype que ó, ninguém meguece.

Entendo como essa galera toda pensa e já vivi sentindo igual. Logo o domingo volta a ser coisalindadedeos pra mim de novo.

Um brinde ao descanso, que é sempre bom!
:*

Anafla disse...

eu só não gosto de duas coisas no domingo:

1) das noites de domingo. ou só não gostava por causa do emprego antigo (entrava quase em depressão ao pensar que segunda ia ter que ir trabalhar).

2) por ter de morar na casa de avó e tios tenho que conviver com família folgada e primos (pequenos) mal educados que fazem do meu domingo um dos dias mais estressantes. :~

no geral, gosto de domingos. gosto de ficar quieta, dormir, ficar à toa. e tem sempre aquele saborzinho de férias e tal. não acho que mereça mesmo tanta reclamação. :P

Giu disse...

Ok, better late than never. To aqui me atualizando no blog e me deparo com esse post. Quando eu era mais nova, eu num curtia domingo, dava uma bad mesmo. Hoje em dia eu pagaria pra ficar um dia panguando, vendo TV, comendo besteira, falando bobagem. Saudade de domingos assim que tive, que estão associados a um passado não muito longínquo, mas que não vai mais voltar. Então eu sou do time das pessoas que adoram domingos e que detestam mesmo é as segundas-feiras.