.
.
.
.
.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

dos diálogos



Diálogo que presenciei outro dia:

_Você parece bem hoje, tá zen. Que aconteceu?
_Na verdade eu tô de bode. Tô irritado, triste, puto da vida e a ponto de jogar tudo pro alto e fugir daqui. 


Exemplo clássico de como as aparências enganam.


_And I'm pretending to be ok, please don't ruin my act.

3 comentários:

Livia Holanda disse...

Mas se todo mundo que tivesse de bode tivesse cara de zen, hahahaha, seria uma magavilha de bom humor falso na vida.
Não sei se vale, mas vai que, né?

Tati disse...

Eu gosto muito dessa coisa de estar morrendo por dentro e aparentar estar muito bem. Pena que não consigo.

Anafla disse...

de vez em quando eu consigo disfarçar, mas tem vezes que até em twitter eu acho que dá pra perceber minha tristeza/paranoias/etc etc etc.

disfarçar: não sabemos.