.
.
.
.
.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

dos pés



Meus pés sempre foram uma parte muito sensível da minha anatomia - toda metida a sensivelzona, a propósito - e se machucam com muita facilidade.
Esse fato, somado ao meu horror a pés sujos, me faz usar sapatos fechados a maior parte do tempo em que estou fora de casa. Um pouco por essas razões, um pouco por razões estéticas, uso a mesma marca de tênis há bem mais de dez anos, o que me leva aos "calos" equivalentes à forma do calçado onde ele provoca mais atrito com a pele.
Eu nem deveria mais sentir esses tênis. 
Certo?
Certo. 
Mas não é isso que acontece. Vez por outra, paro e puxo a meia, cuja costura pega em determinados pontos e incomoda com veemência.  No dia seguinte mudo de calçado e sempre penso por que raios eu não uso essa sapatilha tão bonitinha que comprei há tanto tempo.
O sapato novo me fere - e sempre fere - num ponto inesperado. Essa é a hora de abrir a carteira em busca daqueles band aids salvadores que mantenho lá. Curativos aplicados, é torcer pra que não saiam e continuar o que quer que eu estivesse fazendo antes, ainda que eventualmente sinta o incômodo.
Mais um dia e eu volto para os tênis antigos, sabendo exatamente onde podem me incomodar.
Além do mais, eles casam super bem com as minhas roupas.



Essa historinha não tem moral.
Também não é uma metáfora, analogia ou indireta.
Mas você sempre pode enxergar assim, se quiser.





7 comentários:

Cachorro de 3 pernas disse...

Como eu tenho o pé horroroso, eu tenho um calo pra cada calçado que possuo... :P

Letícia disse...

Nossa, eu te entendo perfeitamente. Eu tenho a pele muito fina, então qualquer atritozinho faz o machucado mais doloroso. Ainda por cima eu tenho o pé magrinho e comprido, então é muito difícil achar um que fique entre sair do pé ou esmagar os dedos.

Eu nunca tinha parado pra pensar o quanto isso diz a meu respeito. Mas, né, vamos fingir que a historinha não tem mesmo moral. :)

Juliana Dacoregio disse...

Cada sapato me machuca de um jeito diferente, principalmente se eu tiver que caminhar muito. O que torna as viagens muito complicadas porque preciso usar um sapato diferente a cada dia para estourar o pé em lugares variados e não ficar cutucando uma única ferida. Isso também não é uma metáfora, mas pode ser lida como tal. Ou não.

Caracol Menina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Caracol Menina disse...

olha o pé dela....
(sim, sou dessas pessoas que dá uma olhadinha discreta para o pé alheio,para ver ve os pés combinam com o resto do corpo o.O) rs
engraçado, a maioria dos pés que conheço por aqui não são tão finos. possuem a pele mais grossa, mas são pés educados rs. Bem, deve ser devido à região. não sei.

vamos ao que interessa [mais gosto]; falar da moral, analogia, indireta, etc: quando q gente gosta de algo, mas muito, muito mesmo, a gente tenta ter por perto o maior numero de vezes possível, mesmo que machuque, pois a gente sempre dá aquele jeitinho só pra se sentir bem com o algo.
acho que acontece também com pessoas.

digamos: o têncis não te faz mal pq ele quer. é a maneira de ser dele. eu seu tenta se adaptar a ele e tudo fica bem.
sacou a idéia?

Viagens a parte, despeço-me, licença ^^

ass: caracol menina/solin (já pode parar de assinar com os dois nicks? acho que você já sabe que os dois tratam-se de mim rs).

uma piscadela.

Livia Holanda disse...

no final das contas, são bons tênis esses seus. pode machucar, mas te faz sentir bem. e se vc tá bem, o q é o calinho, não é mesmo?

(:

Carolina Costa disse...

Tem certeza que nao é uma metafora? Hehe!
Mais entao, o tenis que eu mais uso é exatamente o que mais me fez calinhos ou me machucou qnd comprei. Na verdade, ainda machuca, mas acho que isso e uma questao de uso. Talvez os outros nao façam tanto calo prq nao uso com tanta frenquencia.
Nao sei... Sei que estou aki, almoçando lasanha com batata palha e pensando no assunto, mto intrigada por sinal. E rindo, prq ainda acho que é uma metáfora. rs

Bjoos!! :)