.
.
.
.
.

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

das gostosuras de família


Com esse título super podia ser alguma meninice, mas hoje é uma receita de torta, que a
donama(n)da me pediu e eu mando por aqui.

É uma massa de torta que as pessoas fazem aqui em casa desde que o mundo é mundo (?). Ela pode receber todos os recheio do planeta e sempre fica bem bom. Quando eu era pequena a gente chamava isso de pizza, sei lá por que cargas d'água; hoje ela se chama torta de liquidificador, veja que criatividade!

Hey, ho!

_1 1/2 xícara de farinha de trigo;
_4 colheres (sopa) de queijo ralado;
_1 xícara de óleo;
_2 xícaras de leite;
_2 colheres (sopa) de fermento em pó;
_5 ovos;
_1 pitada de sal

Tudo devidamente batido no líquido-de-ficador, coloque em forma untada e enfarinhada.
Agora vem a parte legal: rechear.
Normalmente eu faço um molho com frango desfiado (coloco para cozinhar com um fabuloso buquê de ervas na panela, porque eu adoro coisas com gosto verde) e qualquer coisa que venha à minha cabeça. Já a fiz com muitos legumes e um pouquinho de bacon ( cenoura e abóbora raladas por exemplo: misture-as à massa já batida). Sempre coloco mais queijo do que a receita indica - tanto na massa quanto no meio do molho e em cima de tudo, também.
Hoje eu fiz mais ou menos meia receita e usei, em ordem de camadas: massa; cenoura ralada; um molho à bolonhesa que a minha momõe deixou ali prontinho, só me esperando; pedacinhos de bacon frito e queijo, muito queijo. Depois disso, forno - vale aquele esquema de espetar a massa com um palito e ver se sai seco. Se sim, é só deixar dourar e pronto.

Ela fica assim:



Se alguém fizer, me conta o que achou. =)

10 comentários:

carmim disse...

ain, que delícia!

adoro novas receitas! ainda mais de amigos!

obrigada, mayra! vou fazer DEMAIS DA CONTA!


smac!

carmim disse...

são 13h27 e eu ainda não almocei e esse seu post tá me matando de fome! merde!

Joyce Pfrimer disse...

lá em casa a gente faz sempre tb! torta de liquído-de-ficador é o que rola!

mayra. disse...

enquadramento é um conceito burguês.

nunca precisei botar o prato todo na foto.
=P

solin disse...

ahuahuhuahuahuah
achi que minha mãe vai ADORAR essa receita, pq é facil-fácil e outra que ela pode rechear com o que quizer né (isso é um perigo, cara).

assim, vou passar a receita e digo como ficou.

*a da foto está com cara de saborosa!

valeu

tiago araujo disse...

haja ovo!! coitadinha da galinha...



mas não é que já comi uma torta dessas?

mi madrecita sabe!

será que somos parentes?

kkkkkk



;D

quase disse...

Caracas, quase.. sorte sua q eu nao to com fome =P

eu ainda sou muito amadora na cozinha, mas qualquer coisa eu te conto =)

;*

Cachorro de 3 pernas disse...

To de dieta, nao posso ler nada sobre comida...

Cris disse...

Nham, vou tentar! E a melhor parte é que massa pode ser feita no liquidificador ... Love it!

Tati disse...

Já repassei aqui pro setor culinário da casa e em breve espero estar degustando esta iguaria no conforto do meu lar.

[Já mencionei que os posts culinários do Congeminemos são os meus favoritos? Já, né? Okay. :o)]